PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Publicidade:

Encontre no blog...

30/12/2008

As atuais expectativas e exigências do mercado de trabalho para as secretárias

As atuais expectativas e exigências do mercado de trabalho para as secretárias

(por Camila Micheletti)

“O grande diferencial atual é oferecer algo a mais que o cliente espera; achar outras soluções para problemas antigos”, afirmou Stefi Maeker, diretora-presidente da SEC Secretary Search & Training e da Trust Executive Search. Stefi foi a segunda palestrante do primeiro dia de palestras do 7º Fórum Internacional Senac de Secretárias, que aconteceu em Setembro no Hotel Senac São Pedro, no interior de São Paulo.

Para ilustrar a capacidade que algumas pessoas possuem de olhar o que todo mundo olha e enxergar o que ninguém viu, Stefi citou alguns exemplos, como a Volkswagen, que lançou um carro híbrido com o motor da Magneti Marelli, empresa do Grupo Fiat.

Orkut, Multiply, LinkedIn – esses nomes são familiares para você? Estes são apenas alguns exemplos de redes de relacionamento disponíveis na internet, sites que estão promovendo uma grande mudança nas relações interpessoais.

Segundo ela, o profissional não valerá apenas pelo que sabe, mas também pela forma que utiliza este conhecimento.

O que as empresas esperam dos profissionais neste novo século? Enganou-se quem pensou em competência ou criatividade. Para Stefi, as empresas querem resultado.

Para chegar a ele, três questões se fazem necessárias:
1. Qual a contribuição que você deu aos acionistas?
2. Onde você agregou valor hoje?
3. Onde você faz a diferença?

“Se você não chegar a tempo, alguém o fará. O mercado pede atitude. Quem chega em segundo lugar raramente é lembrado, principalmente no mundo corporativo”, declarou a consultora. Esta atitude refere-se a tudo, inclusive na hora de buscar atualização profissional. “Ninguém fala mais em dominar as técnicas de digitação e atendimento ao telefone. O que está em alta hoje são as competências intelectuais e comportamentais”.


O perfil das secretárias de hoje e dez anos atrás mudou muito. Confira as principais diferenças:


ONTEM

HOJE

Atender ao telefone

Atender a clientes

Ativo social

Gerencia conflitos/ negocia

Ação automática e mecânica

Ação criativa e participativa

Perfeccionista e rígida

Flexível e espontânea

Dependente

Tem autonomia e iniciativa

Submissa

Pró-ativa e empreendedora

Executadora

Gerencia projetos

Isolada

Com muita habilidade pessoal e desenvoltura em todas as áreas da empresa

Conhecer bem sua função

Conhecer bem cultura geral e o mundo


“Sobreviver nas organizações dependerá da capacidade de se relacionar, vender idéias e impor respeito. Você gerencia processos, com eles vem o reconhecimento”, disse ela às participantes do evento.
Neste cenário de constantes mudanças, algumas características tornam-se fundamentais, tais como:
• Saber julgar;
• Ser estável (Não ser sujeita a chuvas e trovoadas);
• Ter capacidade de comunicação;
• Ter inteligência social (Se o executivo precisar de uma entrevista com o presidente da República, a secretária consegue);
• Ter criatividade;
• Ser adaptável e flexível;
• Saber tomar decisões;
• Ter capacidade de liderança – e exercê-la quando preciso;
Cultivar entusiasmo pelo trabalho;
• Estimular e fazer trabalho em equipe.

“A força dominante da sua vida é a força como você pensa. Daí a importância de encarar os desafios e projetar um futuro”. Para isso acontecer, é importante reavaliar suas metas e resultados e saber para onde quer direcionar sua carreira. “Que tipo de reconhecimento queremos?” – questiona Stefi.

Ter metas plausíveis é muito importante porque é a partir delas que você vai canalizar seus esforços e ter atitude para fazer as escolhas certas. Com metas e atitude em mente, é bom lembrar que:
- Nada acontece por acaso;
- Faça o melhor com aquilo que a vida lhe deu;
- Aprenda a continuar aprendendo;
- Faça diferente;

Conhece a máxima “De boas intenções o inferno está cheio?” No mundo empresarial, ela pode ser lida como “a boa vontade não vale nada sem o comprometimento”. Ou seja, de que adianta ir trabalhar todos os dias, se o que você faz não lhe dá prazer? A dica da consultora é: Mude! Pode ser de empresa, de cargo e até de área. O importante é saber que “o grande responsável por sua carreira é você mesmo. Os êxitos e realizações dependem das suas ações, e da paixão que você tem pelo seu trabalho”, concluiu Stefi.


Texto publicado na Revista on line "Sua Carreira" do site Empregos.com.br
Matéira referente a Confira a cobertura do 7º Fórum Internacional Senac de Secretárias, que ocorreu em Setembro em São Paulo por Camila Micheletti.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More