PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Publicidade:

Encontre no blog...

31/05/2010

As Nossas Alavancas (reflexão)

boletim0309img1

As Alavancas da Nossa Vida

Para a Física, “alavanca” é: “Máquina simples, constituída de uma barra rígida, móvel em torno de um ponto fixo (fulcro), sobre a qual atuam duas forças: força motriz (ou potência), e força resistente (ou resistência); em geral utilizada para levantar grandes pesos.” (Dicionário “Larousse Cultural”)

No sentido figurado, “alavanca” é: “Meio de ação; expediente.” (Dicionário “Aurélio”)

É a respeito da segunda definição que vamos tratar.

Deparamos na vida com inúmeros “pesos” para serem levantados, removidos e arrumados a fim de que possamos caminhar com certa liberdade e construir o edifício da nossa estrutura física, intelectual, moral, e de relacionamento.

Tais “pesos”, que consistem em necessidades naturais, dificuldades normais ou imprevistas, empecilhos e transtornos indesejáveis, variam em grandeza e complexidade, de indivíduo para indivíduo, de uma para outra etapa da vida, e de uma situação para outra.

Assim, para exemplificar, contamos na infância com as dificuldades naturais para falar, andar, entender, comunicar, obedecer, aprender e conviver.

Em cada nova etapa da vida novas situações e ocorrências próprias da idade vão diminuindo, aumentando, ou mudando, a natureza e a intensidade dos “pesos” e, bem assim, da nossa capacidade de suportá-los.

Podemos nos valer de algumas “alavancas”, adquiridas através das nossas próprias experiências de vida, para minimizar ou contornar os “pesos” com os quais somos levados a lidar em qualquer fase da vida e em qualquer situação.

A “alavanca da boa vontade” facilita o encorajamento e a disposição para o esforço necessário.

A “alavanca da compreensão e do entendimento” remove o “peso” das possíveis desavenças e incompatibilidades.

A “alavanca da motivação” eleva o entusiasmo e o gosto pela vida despertando o interesse pelo conhecimento, pelo empreendimento e pelo progresso.

A “alavanca da calma, paciência, e tolerância” sustenta o “peso” dos estresses, das ansiedades e da consequente depressão.

A “alavanca da autoconfiança, do otimismo e da perseverança” levanta o ânimo abatido por desilusões, derrotas e fracassos.

A “alavanca de um sentido de vida” (crença esclarecida, religiosa ou filosófica) minimiza o “peso” das dúvidas e incertezas aclarando-nos a mente e o sentimento a respeito da razão pela qual, e para que, estamos vivendo.

É muito importante que tenhamos consciência das nossas alavancas e que saibamos utilizá-las adequadamente.

Luiz Gonzaga S. Ferreira - 30 de maio de 2010

Fonte: Escola da Vida / Escola da Vida II




0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More