PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Encontre no blog...

20/10/2010

Governar, Dirigir e Gerenciar

leadership

GOVERNAR - DIRIGIR - GERENCIAR

Ouve-se falar frequentemente nos meios políticos e jornalísticos que “O Brasil precisa de um gerente”. E nós nos perguntamos: Em que se diferem as funções a que denominamos: “governar”, “dirigir” e “gerenciar”?

Recorremos aos dicionários. E, assim, sintetizamos: - Governar é regular o andamento; é ter poder ou autoridade; é ter grande influência em dirigir ou administrar as ações. - Dirigir é dar direção; administrar, gerir, governar, comandar. - Gerenciar é administrar, dirigir, governar, gerir uma empresa, negócios, serviços...

Como se vê, todas elas se referem à “administração”, que consiste na gestão de negócios públicos ou particulares; no conjunto de princípios, normas e funções que tem por fim ordenar os fatores de produção e controlar a sua produtividade e eficiência para se obter um determinado resultado...

A diferenciação é, portanto, mais circunstancial que conceitual: a do governador é mais ampla, abrangente e política; a do dirigente é mais técnica, organizacional e fiscalizadora; a do gerente é mais próxima direta e concreta, menos protocolar e mais incisiva.

Na qualidade de gerente, o administrador acompanha e observa de perto, providencia de imediato, utiliza adequadamente os recursos, verifica os resultados de maneira objetiva, e apresenta soluções a curto prazo. E, como se diz popularmente, “mete a mão na massa”.

“O Brasil precisa de um gerente!”

Luiz Gonzaga S. Ferreira - Araraquara, 17/10/2010

Fonte: Escola da Vida / Escola da Vida II 




0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More