PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Encontre no blog...

14/05/2012

Rumo à libertação

Rumo à libertação - por Luiz Gonzaga S. Ferreira

Rumo à libertação

Enquanto buscamos naturalmente a simplicidade e a verdade a vida nos impele à complicação e ao engano, como se estivéssemos sendo instigados: “Fique ressentido com isso ou com aquilo.”, “Seja ansioso diante desta ou daquela situação.”, “Sinta desejos de tais e tais coisas.”, “Sinta-se culpado por isso ou por aquilo.”, “Proteste contra tal e tal fato.”

Tais inquietações afetam os nossos pensamentos e despertam em nós sentimentos desagradáveis que nos impedem de ser feliz.

É imperioso portanto que nos libertemos dessas, bem como de outras, inquietações.

Sabemos que isso não é fácil, não se compra... E nem cai do Céu.

Muitas vezes rejeitamos as pessoas com as quais temos que conviver e deixamos de ver sua bondade, sua delicadeza, sua solidariedade e tudo mais que elas possam nos oferecer.

Nossa vida é cheia de batalhas inúteis exatamente porque nossa mente é cheia de pensamentos inúteis.

Basta porém relaxar a mente e, aos poucos, reaprender a desfrutar da simplicidade perdida. Eis aí o primeiro passo rumo à libertação que nos permite ser feliz.

Para desbloquear a mente é necessário: 1º- examinar o que está nos levando à fixação de pensamentos inúteis; 2º- reconhecer, com clareza, o que realmente desejamos; 3º- reagir a partir da mente íntegra, não da mente em conflito.

Em geral nos sentimos em paz quando nos relacionamos com outras pessoas. Mas é preciso agir com cautela para evitar o risco de cair novamente no estado mental conflitante.

Ninguém passa de uma atitude conflitante para uma atitude de paz, de uma hora para outra.

Fazer o melhor possível, hoje, já é muito bom! Basta um pequeno progresso, a cada dia, no rumo certo em busca da libertação.

Consulta: "Não leve a vida tão a sério" (Hugh Prather)

Luiz Gonzaga Seraphim Ferreira - 26/11/2011

Minha foto
Luiz Gonzaga Seraphim Ferreira - Supervisor de Ensino, aposentado. Dedico-me ao estudo da Doutrina Espírita kardecista e à divulgação do conhecimento espírita. Interesso-me por antigas e novas amizades virtuais e, bem assim, pela troca de ideias e conhecimentos.

Fonte: Escola da Vida / Escola da Vida II  <<<< PARTICIPEM

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More