PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Publicidade:

Encontre no blog...

08/06/2008

Como medir a velocidade de sua banda larga

image
 

Você sabe qual é a velocidade da sua banda larga?

Tatiana Schnoor - 06/06/2008 - 18:04

Kilo ou Mega, bit ou byte. Qual é a velocidade da banda larga fixa usada na sua residência?

As siglas aplicadas para medir o volume de dados e a capacidade de tráfego na Internet causam confusão entre muitos usuários. Prova disso é que 16% dos lares brasileiros com conexão rápida não sabem a taxa contratada para acessar a Web, segundo a pesquisa TIC Domicílios 2007 do Comitê Gestor da Internet no Brasil.

A falta de informação sobre o serviço é um dos fatores que contribuem para o crescimento das reclamações nos órgãos de defesa do consumidor. No ano passado, a banda larga ocupou o quinto lugar no ranking de queixas do Procon de São Paulo por descomprimento dos serviços. Para não engrossar as estatísticas de descontentamento; nem perder tempo nas centrais de atendimento ao consumidor, aprenda a medir a velocidade da sua banda larga.

Ao contratar uma conexão de Web veloz, confira qual é a quantidade de dados prevista no plano e a velocidade de tráfego das informações pela rede. Verifique, inclusive, as taxas de download e upload, pois elas são diferentes.

"Essas são dúvidas muito comuns. O usuário em geral acha que a velocidade usufruída é inferior à contratada", diz Ricardo Sanfelice, gerente de marketing de produtos da GVT. Quando as empresas anunciam pacotes com tamanhos de Megas variados, isso significa a quantidade de dados que vão trafegar pela rede. Já a velocidade é expressada em segundos. Por exemplo, Kilobit é diferente de kilobit por segundo. O mesmo acontece com o Megabit, que não é a mesma coisa de Megabit por segundo.

Sopa de letrinhas

As siglas ajudam a identificar as diferenças. Kilobit é (Kb) e Kilobit por segundo é Kbps. O mesmo vale para a denominação com velocidades superiores, Mega - Megabit (Mb) e Megabit por segundo (Mbps). Essas unidades são baseadas na linguagem binária do Bit (BInary digiT). Um conjunto de 8 bits reunidos como uma única unidade forma um Byte.

Há termos para referir-se a múltiplos de bits usando padrões prefixados, como kilobit (kb), megabit (Mb) e gigabit (Gb) - com "b" minúsculo -, diferente de byte que utiliza um "B" maiúsculo (kB, MB, GB). Essas formas são usados para definir quantidade de informação.

Já quando se trata de velocidade de transmissão, entra em cena o segundo (velocidade por segundo). Soma-se às siglas Kb, Mb ou KB e MB as letras "ps" (por segundo). Daí vem Kbps (Kilobit por segundo); KBps (Kilobyte por segundo) ou Mbps (Megabit por segundo) e MBps (Megabyte por segundo). O Kilobyte por segundo é oito vezes maior que o Kilobit por segundo. (Confira na tabela abaixo os valores correspondentes).

"É preciso observar com cuidado o tipo de serviço a ser contratado para evitar decepções futuras", aconselha Marta Aur, técnica de proteção e defesa do consumidor do Procon de São Paulo. Ricardo Sanfelice, da GVT aconselha, inclusive, ao internauta a identificar como ele irá usar a Web. "O perfil do usuário de Internet mudou. Antes, as pessoas baixavam mais conteúdo do que subiam. Agora, elas participam mais, fazem mais upload em sites colaborativos", ressalta.

Taxas de velocidade

As taxas de velocidade variam de acordo com o tipo de conteúdo solicitado. A prestadora garante rapidez na comunicação da casa do usuário até a Internet. Daí para frente existem fatores da própria rede que vão influenciar, como a localização do servidor onde o conteúdo está guardado.

Imagine baixar um vídeo hospedado em um servidor na Rússia que não garante taxas altas de tráfego. Isso vai influenciar no tempo do seu download, segundo explica Sanfelice, da GVT. Devido a esses fatores, as prestadoras garantem percentuais míninos e máximos de velocidades nominais em função do pacote comprado.

Planos

As prestadoras de serviços de banda larga costumam oferecer conexão o termo Mega. Ele refere-se à quantidade máxima de dados que vão trafegar pela rede. Já a taxa de transmissão dessas informações é referenciados em segundos.

O plano Speedy de 1 Mega da Telefônica, por exemplo, oferece velocidade de download de 1 Mbps (Megabit por segundo) e de upload é de 300 Kbps. O Turbonet de 3 Mega da GVT dispõe 3 Mbps para baixar conteúdo e 750 Kbps para subida de dados.

No pacote da Net Virtua de 2 Mega, por exemplo, a velocidade de download é de 2 Mbps e a de upload é de 300 Kbps. Já no Velox de 1 Mega da Oi, as taxas de descida de dados são de 1024 Kbps e de subida é de 300 Kbps.

Diferenças entre velocidades de download e upload

A tecnologia de Internet banda larga mais usada no País é a ADSL (Asymetric Digital Subscriber Line) - desenvolvida para prover acesso pela linha telefônica. Como o próprio nome diz, ela é assimétrica, ou seja, as velocidades de download e upload são diferentes. Do total de conexões de Web veloz no País (8,2 mil), 5,9 mil são feitas por esta tecnologia. Em segundo está a TV por assinatura, com cable modem, com 1,9 mil, de acordo com o site Teleco, que monitora o setor de telecom.

Apesar da maior parte dos acessos banda larga existentes no Brasil serem providos por operadoras de telefonia fixa ou de TV por assinatura, eles não são os únicos a oferecerem estes serviços ao mercado. Há 1.761 outros provedores menores de conexão rápida presentes em 74,2% dos municípios brasileiros.

Como medir

A velocidade de sua conexão à Internet depende não só das características técnicas de seu acesso como também do tráfego, dia e hora. Por isso deve fazer várias medições para saber a estabilidade de seu acesso. Existem diversos sites que oferecem medição.

As próprias prestadores colocam a disposição do assinante, basta solicitar. Exemplos de sites medidores:

  http://www.pcpitstop.com/Internet/bandwidth.asp;

  http://www.hwn.com.br/medvel;

  http://www.numion.com/;

  http://www.pcativo.com.br/nosso_teste.asp?4,29943263530731E+21;

  http://www.rjnet.com.br/1velocimetro.php

Tabela

1 Kilobit (ou Kb) = 1024 bits
1 Megabit (ou Mb) = 1024 Kilobits
1 Gigabit ou (Gb) = 1024 Megabits




0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More