Visual Dicas: + de 500 cursos GRÁTIS, corra e pegue o seu!

Publicidade:

Encontre no blog...

22/09/08

Como utilizar dois monitores em um único PC

Amplie a área de trabalho usando dois monitores em um único PC

Fernando Petracioli, especial para PC World (19-09-2008)
 

Seu monitor é muito pequeno e as aplicações se amontam na barra de tarefas do Windows? Veja o que fazer para resolver isso.

Se você vive com a barra do Windows completamente lotada de programas abertos – às vezes ocupando mais de uma linha – e não tem muita paciência para ficar usando Alt + tab a toda hora para alternar entre as aplicações em execução, já deve ter pensado que a tela do seu monitor não é grande o suficiente.

Para esse problema, existem duas soluções possíveis. A mais fácil e rápida é adquirir um monitor de grandes dimensões, como os LCD de 22 polegadas w2207h (HP), W2452T ou 22LS4R (LG). Claro se você estiver disposto da gastar um bom dinheiro com isso.

Outra alternativa é conectar dois monitores à sua máquina. Dessa forma, você multiplica por dois o tamanho da sua área de trabalho e não precisa ficar alternando entre janelas, pois pode visualizar mais itens. E não é nada complicado instalar e configurar essa novidade.

Além dos dois monitores (é bem provável que haja algum monitor sobrando em sua empresa), você vai precisar de uma placa gráfica que tenha pelo menos duas saídas de vídeo. Se o seu computador for mais ou menos recente, não se preocupe, pois praticamente todas as placas de vídeos mais novas possuem duas saídas - idependentemente de serem opções mais caras ou mais baratas.

A preocupação maior é identificar qual é o tipo das saídas oferecidas pela placa, assim como o cabo utilizado por seus monitores, pois deve haver compatibilidade entre eles.

Existem basicamente três tipos de conexão: VGA, a porta de 15 pinos que faz transmissão de sinal analógico; DVI, que transmite sinal digital; e HDMI para dados em alta definição.

Se o seu monitor for de um modelo mais antigo, os chamados CTR (ou de tubo), é provável que ele use conexão VGA. Já os mais modernos, de LCD, utilizam as saídas DVI ou HDMI, dependendo de caso.

Mesmo se sua placa de vídeo não fornecer as saídas que seus monitores exigem, fique tranqüilo. Para isso existem os adaptadores. Assim, se você tiver um monitor VGA e uma placa com saídas apenas DVI, vai precisar de um adaptador DVI-VGA, que custa a partir de 60 reais.

Mas se a sua placa tiver somente uma saída de vídeo, infelizmente você não terá opção: será necessário trocá-la por outra que ofereça duas conexões.

Montagem e configuração

Com o material checado, é só plugar tudo. Conecte os monitores à placa de vídeo e ligue o computador. Provavelmente apenas um dos monitores estará ativo após a inicialização.

Clique com o botão direito na área de trabalho do monitor em funcionamento e escolha Propriedades, no XP, ou Personalizar, no Vista. Clique na guia Configurações (ou Configurações de vídeo) e você verá dois ícones – um para cada monitor, sendo que um deles estará desativado.

Estenda a área de trabalho também ao segundo monitor

No menu dropdown que aparece com os nomes dos modelos dos monitores, selecione aquele que estiver desativado e depois marque a opção Estender a área de trabalho a este monitor.

Agora, o próximo passo reduz a uma questão de preferência do usuário. Você pode posicionar os monitores lado a lado – mais comum – ou, a depender da estante em que fica seu PC, pode colocá-los um acima do outro.

Só não se esqueça de configurar esse posicionamento também nas propriedades de vídeo, alocando os ícones da mesma forma que dispôs os monitores. É só clicar e arrastar algum deles.

Configure os ícones de acordo com a disposição de seus monitores

Com um monitor ao lado do outro, ao encostarmos o ponteiro do mouse no limite direito da tela da esquerda, por exemplo, a seta irá migrar para o monitor da direita.

O mesmo mecanismo ocorre de maneira análoga no caso de termos um monitor num nível acima do outro.

resultado: dois aplicativos abertos em dois modos diferentes de dispor os monitores

Ainda é possível mexer na resolução de cada monitor independentemente, usando a barra deslizante que aparece. Mas é recomendável utilizar os dois monitores em suas resoluções nativas, mesmo que sejam de tamanhos diferentes.

Pronto: agora você possui uma área muito maior para trabalhar e pode deixar, por exemplo, uma janela aberta em cada monitor, trabalhando nas duas simultaneamente.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Artigos recentes

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More