Visual Dicas: + de 500 cursos GRÁTIS, corra e pegue o seu!

Publicidade:

Encontre no blog...

02/04/09

Aprenda a criar boot do Windows XP no Pen Drive

 

Disco de boot no Pen Drive

Quem administra redes acaba topando, uma hora ou outra, com um PC em que o Windows está tão baleado que não quer nem iniciar. Nesses casos, uma solução é copiar os arquivos do usuário para a rede e, assim, formatar o HD e reinstalar o sistema, sem correr riscos. Para isso, é claro, é preciso que o micro funcione.

Neste tutorial, veremos como dar a partida no PC usando um memory key (pen drive) para carregar o sistema. Um dispositivo preparado para isso pode ser incorporado ao kit de ferramentas do profissional de suporte ou do usuário. Carregado o sistema, é possível fazer backup dos dados e rodar utilitários para diagnóstico e manutenção no micro com problemas. Vejamos, a seguir, os passos para a configuração desse memory key de emergência.


1. O BartPE

Basta um memory key de 256 MB para criar o seu bote salva-vidas. O segredo desse minimalismo é o freeware PE Builder (www.info.abril.com.br/download/3686.shtml), também conhecido por BartPE, em referência ao seu criador, Bart Lagerweij.

Depois de baixar e descompactar o BartPE, abra o Windows Explorer e localize o arquivo pebuilder.exe dentro do diretório do programa, que não cria os atalhos automaticamente. Dê um duplo clique nesse arquivo para rodar o programa.


2. Enxugando o Windows


Coloque o CD original do Windows XP no drive. Na tela do Bart PE, indique a localização do CD no campo Path to Windows Installation File. Marque a opção Create ISO Image e digite um nome para o arquivo que será gerado no campo logo abaixo. Clique no botão Build e aguarde até que o processo de cópia termine. O arquivo ISO que contém a imagem terá cerca de 160 MB, contendo os componentes mínimos necessários do Windows XP e algumas ferramentas de diagnóstico e reparo.

3. O memory key


Como as imagens ISO geralmente são usadas para queimar CDs ou DVDs, será necessário um programa específico para gravar os arquivos no memory key. Neste tutorial, vamos usar o FlashBoot (
www.info.abril.com.br/download/4297.shtml), especializado nessa tarefa.

Depois de baixar e instalar o programa, vamos rodá-lo. Na tela inicial, clique em Next. Em seguida, você deve escolher o tipo de disco que vamos criar. Marque a primeira opção, Convert BartPE Bootable Disk to Bootable Flash Disk. Clique no botão Next. Na próxima tela, informe a localização do arquivo ISO que você criou com o BartPE. Antes de prosseguir com a configuração, acople o memory key a alguma porta USB do PC.

No passo seguinte, indique a unidade correspondente ao memory key para a gravação da imagem. Avance e escolha o tipo de particionamento USB-HDD. Clique em Finish para iniciar a gravação. Se não ocorrer nenhum erro, o seu memory key já estará pronto quando a operação terminar. Você pode aproveitar o espaço que sobrou no dispositivo para incluir outros programas úteis.


4. Preparando o PC


Nem todos os computadores são capazes de dar a partida por dispositivos USB. Para verificar isso, você deve entrar no sistema de configuração da BIOS do PC. Na maioria dos micros, isso é feito pressionando a tecla Del durante a partida. Navegue nos menus de configuração da BIOS usando as teclas com setas.

Procure pelo item referente ao boot. Nele, verifique se há alguma opção de boot chamada USB-HDD ou algo semelhante. Se houver, selecione-a e salve as configurações. Conecte, então, o memory key e reinicie o PC. Em alguns casos, nem todas as portas USB existentes irão servir para essa tarefa. Se algo der errado, tente mudar de entrada. Para ter certeza do funcionamento, só mesmo testando.


5. Carregando o sistema


Ao fazer o boot pelo memory key, surgirá a mensagem “Starting BartPE” e uma barra de progresso enquanto o sistema é carregado. Não se assuste, o processo é um pouco lento mesmo. Uma versão light do Windows XP, com um desktop limpo e papel de parede com o logotipo do Bart PE, entra em ação. A primeira tela que irá surgir será a da configuração da rede TCP/IP. Nela, indique as opções adequadas à sua rede e, quando terminar, clique em OK.

Finalizada essa operação, o micro já deve ser capaz de se comunicar pela rede.
No canto inferior esquerdo da tela, fica o menu Go, que mostra o caminho para uma série de utilitários e ferramentas de diagnóstico. Agora, o trabalho é tentar consertar o estrago no HD ou salvar os arquivos do usuário, que podem ser mandados pela rede ou mesmo copiados para o memory key.

Fonte: Info Dicas




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Artigos recentes

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More