PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Publicidade:

Encontre no blog...

16/02/2014

Relacionamento amoroso no trabalho.

Relacionamento amoroso entre colegas de trabalho

Relacionamento amoroso entre colegas de trabalho

5 dicas importantes para que sua relação amorosa não atrapalhe sua carreira
Da redação - Empregos.com.br
Texto Original de José João da Costa

O brasileiro passa a maior parte do dia no ambiente de trabalho, onde o contato entre homens e mulheres é constante e inevitável. Então, os interesses amorosos podem surgir frequentemente.

Se você se relacionar com um colega precisa tomar cuidado com as demonstrações públicas de afeto. Segundo a política de muitas empresas, esse tipo de relacionamento, quando dentro do ambiente corporativo, pode implicar em advertência e até mesmo demissão por justa causa.

5 dicas básicas e importantes para a convivência de casais que exercem funções no mesmo ambiente de trabalho.

  1. Mantenha discrição
    Ainda que a empresa não seja contra os relacionamentos amorosos no trabalho, seja discreto e caso os colegas e chefes saibam sobre o relacionamento, nunca deixe que esse assunto seja o foco das conversas pessoais no ambiente. Lembre-se: Ainda que os colegas demonstrem amizade, nunca se esqueça que o mundo corporativo é competitivo e alguns colegas podem gerar fofocas sobre a sua relação para os demais funcionários, o que poderá prejudicá-lo futuramente.
  2. Evite conversas em excesso e possíveis discussões
    Nunca abra margem para comentários sobre os seus problemas amorosos, pois qualquer possível contratempo em relação às suas atividades pode facilmente ser associado ao seu relacionamento. Procure esquecer seus problemas pessoais com o parceiro e trabalhar normalmente. Resolva seus problemas pessoais fora do ambiente de trabalho.
  3. Trate o seu parceiro como colega de trabalho
    Antes de ser seu namorado, o seu parceiro, dentro da empresa, é um colega de trabalho como outros. Por isso, trate esta pessoa da mesma forma como trata os demais colegas. Encare como “proibido” demonstrar carinho, usar apelidos carinhosos e contato físico – abraços e beijos.
  4. Se você foi contrato por indicação do parceiro
    Pense bem antes de ir a uma entrevista em que você tenha sido indicado pelo seu parceiro. Caso a empresa não permita relacionamentos amorosos entre os funcionários, esqueça a possibilidade de manter uma relação baseada em mentiras. Lembre-se que hoje as empresas têm acesso às mídias sociais, assim como os demais colegas, que podem visualizar fotos e verificar os comentários, ainda que você os tente esconder. Por isso, fale a verdade antes de ser contratado e evite constrangimentos futuros. 
  5. Se o seu relacionamento envolve hierarquias diferentes
    Quando um dos parceiros é o chefe do outro, o cuidado deve ser redobrado.
    Caso você seja o subordinado, não deixe de ser profissional e não se acomode com o fato de manter um relacionamento com o chefe. Isso não é motivo para abusar dos horários ou deixar de cumprir tarefas nos prazos.
    Caso você seja o chefe, não se esqueça de cobrar o seu parceiro da mesma forma como cobra os outros funcionários. O andamento do trabalho em geral também depende do relacionamento comum entre a equipe.

Créditos: empregos.com.br

empregos.com

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More