PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Publicidade:

Encontre no blog...

03/11/2008

Alternativas baratas para um sistema de backup eficiente!

Alternativas baratas para backup

Fernando Petracioli, especial para PC World
31-10-2008

Do PC velhinho que não se usa mais a um HD externo, o que fazer para não ficar na mão.

Todo mundo sabe a importância de se ter sempre um backup dos próprios dados do PC, bem como de manter suas cópias de segurança atualizadas, principalmente backup do que é importante. Isso ninguém questiona. O que pode ser um problema para o usuário é o custo que se pode ter para fazer backup.

Isso porque os serviços gratuitos para backup online oferecem espaço um tanto limitado; e apesar de os HDs externos estarem caindo de preço, ainda não se encontra um bom modelo por menos de 150 reais. Quando falamos de um disco compacto então o valor não é menor do que 300 reais.

Monte uma rede
Uma alternativa possível para não ter que gastar com backup está naquele seu PC velho, esquecido num canto da casa ou na garagem. Trata-se de montar uma rede entre sua máquina velha e o seu computador atual, que você usa rotineiramente, e onde ficam seus dados a serem copiados.

O seu computador antigo vai precisar ter como sistema operacional pelo menos o Windows 95, além de uma placa de rede Ethernet instalada. Com essa rede instalada, a velocidade de transmissão de dados entre os PCs por esse tipo de placa será de 100 Mbps (contra 480 Mbps da conexão USB dos HDs externos). Talvez não seja a melhor solução tecnicamente, mas pode ser a mais barata.

> Clique aqui para ver um passo-a-passo de como montar uma rede.

Com os equipamentos em rede, basta salvar os dados desejados no HD do seu PC velhinho. Pode-se fazer isso manualmente, selecionando os arquivos, pastas e diretórios desejados e copiando-os no outro disco. Mas esse é um processo arriscado. E arriscado principalmente porque depende de uma intervenção manual do usuário e tudo que depende de alguém fazer alguma coisa...

O melhor é usar um software de backup e sincronização para isso. Você escolhe o que deve ser backupeado, para onde e com que freqüência isso deve ser realizado e, no momento agendado, o aplicativo vai realizar a tarefa por conta própria. Só não se esqueça que os dois equipamentos devem estar ligados, caso contrário a cópia de segurança não será feita.

Nota: uma solução de backup por software pode esbarrar em um problema de compatibilidade; se o sistema operacional do seu PC antigo for muito antigo pode ser que o software não consiga reconhecê-lo.

Caso esse computador não tenha uma placa de rede e você vá precisar comprar uma, é melhor esquecer essa idéia. OK, esse tipo de placa não é caro (a partir de 20 reais), mas só o fato de haver gasto e dedicação de tempo com instalação talvez já justifique experimentar a nossa próxima alternativa.

Aproveite o HD do PC velho
Use o disco rígido do computador antigo para montar um HD externo por conta própria. Se o disco rígido de seu computador velho tiver uma quantidade generosa de gigabytes, essa opção será ainda mais atraente.

Você terá gastos com o case para envolver e proteger o HD, mas mesmo assim essa será uma opção mais econômica do que adquirir um disco rígido externo. É possível comprar cases para HD por 50 reais, dependendo do modelo.

Você vai precisar de um chave de fenda Philips e vai levar menos de 30 minutos na montagem. Mas atenção: na hora de comprar o case, verifique se ele é compatível com o barramento IDE e cheque a tensão do alimentador de energia, que tem de ser compatível com a da sua casa ou do escritório.

> Clique aqui para ver uma galeria de imagens com o passo-a-passo de como montar um HD externo.

Depois de montado e antes de ser usado, é necessário formatar o HD para que ele possa funcionar. Essa não é uma operação complicada, mas necessita que você abra o seu computador e conecte o HD como se você fosse utilizá-lo normalmente, crie uma partição e o formate.

Compre um HD externo
A terceira solução, no caso de você não se importar em gastar mais dinheiro ou não se sentir apto a montar um dispositivo externo com as próprias mãos, é adquirir um HD externo.

A única ressalva que fazemos é a de optar por um dispositivo que tenha conexão USB em vez de FireWire. Além de mais rápida na transferência de dados, a primeira é também muito mais comum e, logo, é mais provável que seja compatível com outros computadores.

Uma alternativa intermediária e que pode ser encontrada em várias lojas que vendem HDs é um case externo, montado com um disco rídigo tradicional. O preço costuma ser mais atraente.

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More