PROMOÇÃO - Magazine Luiza - NÃO PERCA!

Encontre no blog...

11/06/2009

Quais as principais diferenças entre tocadores MP3, MP4, MP5...?

Por Monica Campi, da PC World*

05-06-2009*Com a colaboração da Redação do IDG Now!

 

Equipamentos com funções iguais às vezes têm nomes diferentes, como MP9 e MP11. Conheça as características desses players.

 

media_player_150.jpgA extensão de arquivo .mp3 mudou a forma como ouvimos e compramos música. Isso porque o formato possibilita uma maior compressão do arquivo (diminuindo seu tamanho) sem a perda significativa da qualidade do áudio.

 

Com esse formato de música vieram os aparelhos portáteis capazes de reproduzi-lo e que, por isso mesmo receberam o nome de MP3 players. Em pouco tempo foram agregadas funcionalidades como gravar áudio, armazenar arquivos de todo tipo e alguns vinham até com sintonizador de rádio FM.

 

A popularidade desses tocadores deu origem a uma série de outros gadgets que agregavam funções e capacidades. É o caso dos aparelhos MP4 que vieram logo em seguida, trazendo uma pequena tela LCD e a capacidade de reproduzir música e alguns formatos de vídeo.

 

Apesar de existir um formato de arquivo de vídeo chamado .mp4 (MPEG-4), o 'nome' desses novos players não tem relação alguma com este formato. Inclusive alguns aparelhos nem são compatíveis com este tipo de arquivo.

 

Veja também:
>
Evolução: do MP3 ao MP11

 

Por isso, quem está interessado em comprar um desses aparelhos deve ficar atento à estratégia utilizada pelos lojistas para vender os chamados MP4, MP5, MP6, MP7 e assim por diante: quanto mais funções, maior o numeral que vem depois do "MP".

 

Além disso, leve em conta que a maior parte destes playes são genéricos (ainda que tragam impressos na carcaça alguma marca conhecida). Muitos deles têm procedência duvidosa e são vendidos com garantia máxima de três meses (dada pela própria loja, que costuma substituir por outro em caso de problemas).

 

Como regra geral básica, vale a relação a seguir (embora isso possa variar dependendo do lugar onde são comercializados):

 

MP3
Os percussores desse ‘movimento’. São aparelhos mais simples, geralmente utilizam pilha alcalina comum ou recarregável (formato AA) e capacidade de armazenamento que varia para cada aparelho. Reproduzem, além de arquivos de áudio em .mp3, também os de extensão .wav (WAVE) e .wma (Windows Media Audio).

 

MP4
A partir deste modelo, os vendedores começaram a aumentar o número depois do MP, como referência a um recurso adicionado. Como já mencionado, existe um formato de arquivo .mp4, mas a maioria desses aparelhos não é compatível com essa extensão. No geral rodam arquivos de vídeo simples, como .mtv e .amv.

 

MP5
‘Evolução’ do MP4, estes tocadores trazem recursos como câmera digital e capacidade para games.

 

MP6
Este tem, além de todos os recursos dos anteriores, funciona também como celular. Alguns desta categoria chegam a oferecer conectividade Bluetooth, Java e GPRS.

 

MP7
As funções deste gadget variam conforme o fabricante. Alguns oferecem TV gratuita (com antena externa - mas não captam o sinal brasileiro de TV digital) ou celular para entrada de dois chips. Até filmadora digital pode ser encontrada nesse modelo.

 

MP8
Nesta versão, alguns modelos oferecem tela sensível ao toque e até duas câmeras digitais.

 

MP9
Alguns desses aparelhos dizem oferecer conexão 3G, acelerômetro (sensor que muda automaticamente a posição da imagem quando colocado na vertical ou horizontal) e até gravação da programação da TV (analógica) e da rádio FM.

 

MP10 / MP11
Além de contar com todos os recursos anteriores, esses modelos também oferecem a função “Music Shake”, que troca a música ou a imagem apenas movimentando a lateral do aparelho.

 

Fonte:

logo_pcworld_footer

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou do Post? Então espalhe!

Quem está curtindo...

Encontre no blog...

Gostou? Então espalhe!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More